Libriando no Tumblr

Pesquise Aqui

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

O amor é supérfluo e só desejável
Para os insanos.
Se tens capacidade de pensar, não amas.
O amor é um mal,
Se necessitas desse amor, lavo as minhas mãos.
Só se procura algo assim
Se não tiver mais nada
Que possa compensar.
Se sabes negar,
Terás uma chance de dizer ‘não’.
Mas se fores maleável,
Tu te entregarás ao amor
E só terás um fim:
Dor.
O amor é supérfluo,
É um mal necessário
E só desejável
Aos românticos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário