Pesquise Aqui

sábado, 12 de agosto de 2017

Bucólico

Bucólico.

Era assim, como um dia de manhã, de sol
E as nuvens brancas que bailavam pelo céu
Era assim, quando os amantes se viram
Olharam-se
Mas, oh
Eis que a visão se turva
E os amantes que tanto se olharam
Não mais se enxergavam
Triste sina a dos separados
Que, após o doce Sol
Provaram do amargo da saudade...
Seguir em frente?
Olhar para trás?
Onde estará aquele olhar?
Se um pouco de tudo se esvaece
Por detrás dos morros que sussurram e choram
As lágrimas verdadeiras não vistas
Ignoradas como águas que se derramam
Gota a Gota
Era para ser um sonho
Mas eles acordaram
Vivem agora, sobrevivem
Sabe-se lá... até quando?
(por: Juliana Barreto). 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário